domingo, 19 de novembro de 2017

Bolo da preguiça






Domingos de preguiça e gula!

Qual manda mais?

A preguiça era muiiita, mas a vontade de comer uma fatia de bolo era ainda maior. Acontece-vos?
Provavelmente sim... acontece a todos, presumo!

Para esses dias, em que não apetece preparar receitas mais demoradas, este bolo é uma boa solução.


Vá, preparem o bolinho e digam-me alguma coisa. Já agora... aceito opiniões para o nome do bolo, pois até isso tive preguiça de pensar :D

Um abracinho!



Ingredientes:

  • 5 ovos
  • 200 ml de natas
  • 2 chávenas de açúcar
  • 1/2 chávena de óleo girassol
  • 1 colher de sopa de aroma de baunilha (opcional)
  • 2 chávenas de farinha para bolos
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Preparação:

No liquidificador, bata os ovos, as natas, o óleo, o açúcar e o aroma de baunilha.
Verta a massa numa taça e envolva, aos poucos, a farinha de trigo o fermento peneirados.
Despeje a massa numa forma (usei com buraco no meio) untada com manteiga.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por 40 minutos (ou até estar cozido - testar com um palito).

Obs.: Se não tiverem liquidificador podem bater o bolo com a batedeir, pela seguinte ordem: bater as gemas com o açúcar, juntar as natas, depois o óleo e a baunilha. Adicionar a farinha peneirada e envolver as claras batidas em castelo.


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Maçãzada



Outono

 Seja bem-vindo! 

🍏



Carlos Drummond de Andrade disse, certo dia, que o outono é uma estação mais da alma do que da natureza.

Sim concordo... mas farei o possível para que na alma seja primavera e que aqui no blogue o outono se reflicta nas receitas.

Felizmente, esta, é uma estação de alguma abundância e generosa partilha. Graças a isso fiquei com a fruteira cheia de maçãs muito belas, perfumadas e deliciosas.

Que lhes vou fazer a tantas? Bem sabem que não resisto a um doce...




Maçãzada



"Sendo a maçã um fruto de grande riqueza alimentar e altamente nutritivo, presta-se à preparação de excelentes sobremesas, como esta simples maçãzada"


  do livro: Tesouros da Cozinha Tradicional Portuguesa

 

Ingredientes:


  • 1 Kg de maçã reineta (depois de limpa)
  • 1 Kg de açúcar

Obs: usei 200 ml de água

 

Preparação:

Descasque as maçãs, corte-as aos quartos, leve-as ao lume em pouca água e deixe ferver; a meio da cozedura, introduza o açúcar, mantendo a fervura até obter ponto de estrada e mexendo com uma colher de pau. Guarde o doce em tigelas tapadas com papel vegetal ou celofane.


Obs: Antes de engrossar e quando percebi que alguns pedaços de maçã não se desfaziam, triturei ligeiramente (tipo 1, 2, 3) com a varinha mágica. Pincelei o papel vegetal com aguardente (dizem que evita que o doce ganhe bolor)



Veja o vídeo de como fica o "ponto de estrada"







terça-feira, 19 de setembro de 2017

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Finalmente as férias!!!



O chinelo no pé, a toalha ao ombro, o mar calmo e o mais azul que se consiga encontrar são tão ansiados como um oásis no deserto. Assim é Agosto!

Não sei se isto vos acontece - acredito que a muitos de vós sim - mas apesar de mil planos impera a vontade de que os dias passem lentamente e que o descanso seja o suficiente para repor todas as energias despendidas ao longo do ano.

Uma ida à praia, um encontro com amigos numa esplanada, um almoço ou jantar demorados, uma bebida refrescante... tantos momentos bons e relaxados.

E as opções são tantas! E podem ser bonitas, refrescantes, deliciosas... pró menino, prá menina e para os mais crescidos. O importante é fazer as escolhas certas ;)

A pensar nisso tudo, reservei espaço para algumas garrafas de Lipton Ice Tea, por esta me parecer uma boa alternativa de bebida refrescante, por oferecer uma boa variedade de sabores e ainda por apresentar um valor calórico bastante reduzido.



Claro que não tenho resistido a preparar várias receitas, como a que vos sugiro mais abaixo... Como poderia? Há tantos sabores e tanta fruta boa nesta época, que as combinações possíveis são imensas! A dificuldade é mesmo escolher :)

Sendo assim não há des(culpas) para não aproveitar o que o verão tem de melhor para oferecer.

Boas férias ou simplesmente um bom e tranquilo Agosto. Divirtam-se e descansem muito!






Refrescante Ice Tea de frutos e hortelã


Ingredientes:


Preparação:

Lavar o pêssego e cortar em fatias. Lavar os morangos e cortar ao meio.

Num jarro, ou nos copos se preferir, ir alternando camadas de frutos, cubos de gelo e folhas de hortelã.
Encher com o ice tea e mexer para envolver.
Servir de imediato.

Obs.: Se quiser preparar com alguma antecedência, junte o gelo apenas na hora de servir. Pode substituir os frutos por outros à escolha, bem como o sabor do ice tea.





quinta-feira, 20 de julho de 2017

Polvo em salada





Refeições ligeiras não devem, nem têm que ser aborrecidas!


Nestes dias (muito) quentes que se têm feito sentir o que apetece mesmo é que a comida seja ligeira, a bebida seja fresca e que ambas nos satisfaçam. Isto, claro, sem nos acrescentar quilos! 

Afinal, queremos vestir o bikini ou fato de banho e continuar amigos da balança :D




Sábado foi um desses dias, quentes, longos, preguiçosos em que acordei com vontade de ir ao Mercado (fui ao Bolhão) apreciar as bancas e decidir, ali, o que queria almoçar. 

Depois de encher o saco com frutas e legumes foi a vez de percorrer as bancas de carne e peixe.
Perguntados os preços e analisada a frescura dos mesmos lá me decidi pelo peixe e a escolha recaiu no polvo. Era grande, rosado e vistoso! Uma alegria para os olhos, que já fazia adivinhar que também o seria para o palato.

Vim para casa, contente com as compras feitas e enquanto arrumei o que trazia nos sacos o polvo cozeu, lentamente, a vapor.

Estava decidida uma parte da refeição: a comida. E agora o que beber? (pensei eu).

O calor apertava mesmo e tinha vontade de beber algo bem geladinho, mas claro que não queria optar por uma bebida muito calórica que fosse desequilibrar a decisão de fazer uma refeição leve.

Abri o frigorífico e lá estava aquela garrafa de Lipton Chá Verde, tão  tentadora e a pedir umas folhas de hortelã e duas ou três pedras de gelo.

Acredito ter sido uma boa escolha, optar por um refrigerante saboroso e baixo em calorias.

Feitas as "contas" foi um bom sábado! ;)






Ingredientes:

(salada para 3)

  • 2 pernas de polvo - estas tinham cerca de 1Kg
  • 1 cebola roxa
  • 1 ramo de salsa
  • 100ml de azeite (ou a gosto)
  • 1 pitada de pimenta (opcional)

Preparação:

Coza o polvo (veja indicações abaixo) e deixe arrefecer um pouco. Lamine-o, fino, ligeiramente na diagonal.

Descasque a cebola, corte-a ao meio e depois em meias luas finas. Reserve.

Numa taça de vidro coloque o polvo, a cebola laminada e regue com o azeite. Polvilhe com a salsa picada e envolva levemente.

Se necessário rectifique os temperos de sal e pimenta (não usei sal, pois o polvo já tem suficiente. A pimenta optei por colocar o moinho na mesa e cada um temperou a gosto).






Sugestões de cozedura:

1 - Num tacho leve o polvo a cozer, sem água e em lume baixo entre 50 minutos a 1 hora;

2 - Cozer na panela de pressão, durante 20 minutos, a partir de que o apito comece a girar. O polvo irá cozer na própria água que vai largando.

3 - Cozer a vapor no robot de cozinha - Arranje o polvo. Deite 700 ml de água para a taça do robot, coloque o cesto de cozedura a vapor com o polvo e programe a 130ºC, durante 60 minutos.

Obs.: Este foi cozido a vapor, que é o meu método de cozedura preferido.



sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sugestões para refeições MAGGI(cas)

MAGGI CHEF MADEIRA


A MAGGI continua à procura do maior talento culinário da ilha da Madeira.

As inscrições para o Passatempo decorreram entre os dias 7 e 25 de junho, tendo sido a adesão muito boa (não seria de esperar outro resultado, dada a riqueza gastronómica da Ilha).

Quem está muito feliz por poder provar as iguarias dos 10 semifinalistas? Eu, claro!!!

Pois é, que privilégio poder revisitar a lindíssima Pérola do Atlântico e ainda ter a oportunidade de provar os pratos locais. Adoro, adoro, adoro! (Aviso já que podia fazer disso vida) :D

 Nesta fase (semifinal) irei juntar-me ao Júri, que é composto pelos Chefs João Paulo Lima e João Carlos Sousa. A apresentação dos pratos será feita no dia 2 de julho, no magnífico Hotel Pestana Grand.

No final do dia serão escolhidos três finalistas, que posteriormente irão apresentar a sua receita num showcooking que terá lugar na Expo Madeira.

Entusiasmada que fico com estes eventos gastronómicos, ponho-me logo a imaginar imensos pratos que se podem preparar. As sugestões, abaixo, são apenas duas das dezenas de receitas que me ocorreram.

Vá, sejam felizes! E até já, Madeira ;)

 

Duo de Pescada e Camarão


Ingredientes (para 3 pessoas):

  •  1 saqueta de Puré de Batata MAGGI
  • 3 Medalhões de Pescada 
  • 6 camarões médios (usei 20/30) 
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • azeite q.b. (para untar o fundo do tacho)
  •  1 tomate maduro
  • 1/4 de pimento vermelho 
  • 50g de queijo ralado
  • azeitonas q.b. (para decorar)

Para o molho branco:

  • 300ml de água (de cozer a pescada e o camarão)
  • 300ml de leite
  • 1 colher (de sopa) de manteiga
  • 2 colheres (de sopa) de farinha
  • 2 ovos

 

Preparação:


Num tacho, com água a ferver (temperada de sal), coza a pescada durante cerca de 10 minutos. Ao fim deste tempo junte os camarões e assim que a água levante fervura deixe cozer 2 minutos. Retire a pescada, os camarões e coe a água (que vai usar para o molho). Reserve

Molho branco: Aqueça o leite e a água (de cozer a pescada e o camarão) num tacho com uma pitada de sal, noz moscada e pimenta.
Entretanto, numa frigideira derreta a manteiga e incorpore-a com a farinha para evitar que o molho fique com grumos. Junte o preparado ao leite fervido e mexa com uma vara de arames. Quando o molho voltar a ferver vai engrossar. Separe os ovos (gemas e claras), mexa as gemas e envolva-as no molho. Retire do lume e reserve. 

Puré de batata: Siga as instruções de preparação, fornecidas na embalagem. 

Num tacho, deite o azeite, a cebola e o alho. Leve a lume e deixe amolecer um pouco. Junte o tomate (limpo de peles e sementes) aos cubos pequenos e o pimento (cortado em lâminas muito finas).
Envolva e deixe estufar uns 3 minutos. Adicione a Pescada (desfeita) e mexa.
Regue com cerca de 2/3 do molho branco e misture tudo. Desligue o fogão e reserve.

Bata as 2 claras de ovo em castelo e envolva-as no restante molho (1/3). Reserve.

Montagem: Coloque a camada de puré no fundo de um pirex. Cubra-a com a camada de pescada.
Disponha os camarões (descascados) e por cima destes regue com o molho restante.
Salpique com o queijo ralado, distribua algumas azeitonas e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, durante cerca de 10 minutos.
Retire do forno e sirva de imediato.


Polvo à Minhota


Ingredientes (para 4):

  •  1 saqueta de Puré de Batata MAGGI
  • 4 pernas de polvo
  • 4 fatias de presunto
  • 1 pimento vermelho
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • salsa q.b.
  • azeite
  • maionese de pimento*
*maionese de pimento:
  • 4 colheres (sopa) de maionese 
  • 1/2 pimento vermelho (sem pele)
  • 1 dente de alho
  • Sal q.b.
  • 2 colheres (sopa) de água

Preparação:

Cozer o polvo (normalmente cozo-o a vapor).

Maionese de pimento: Na liquidificadora, junte o alho, o pimento, a maionese, o sal e a água. Bata até emulsionar. Reserve no frigorífico.

Puré de batata: Siga as instruções de preparação, fornecidas na embalagem.

Num tabuleiro de forno (melhor se for de barro), disponha metade do azeite, cebola, alho, pimento e salsa.
Corte ao meio as pernas de polvo (no sentido do comprimento) e coloque-as em cima da "cama" que fez no tabuleiro, recheando-as com o presunto.
Distribua por cima do polvo a restante metade do azeite, cebola, alho pimento e salsa.

Faça montes de puré à volta, deite maionese de pimento (ou normal se preferir) por cima do polvo e leve ao forno a gratinar.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

mostre-nos o Chef que há em si!




MAGGI CHEF MADEIRA


A MAGGI está à procura do maior talento culinário da ilha da Madeira.

Inscrevam-se no Passatempo MAGGI Chef Madeira até dia 25 de junho através do seguinte email: maggi.portugal@pt.nestle.com

Consultem o regulamento e mais informações sobre o passatempo aqui: https://saboreiaavida.nestle.pt/passatempos 


 Conheçam os novos produtos Nestlé em: https://www.facebook.com/NestleSaboreiaaVida


https://saboreiaavida.nestle.pt/produtos/maggi/


A receita...

 

Ingredientes:

1 kg de lombo fatiado
1 saqueta de Maggi Suculento no Forno Entrecosto à Antiga com Alho e Pimentão Doce

 

Preparação:

Fácil, fácil! É só seguir as instruções ;)


E qual é o assado de domingo que não nos deixa umas fatias para fazer umas deliciosas sandes? Pois é!

Então... basta usar a imaginação e juntar o que mais nos agrada. Hoje apeteceu-me assim, com queijo, alface e tomate!


Inspirados? Claro que sim! Deliciem-se e... vemo-nos na Madeira! 

P.S. - Prometo que partilho convosco as novidades sobre este belo e delicioso passatempo.
 


sábado, 27 de maio de 2017

Queijadas de requeijão




A Queijo Saloio lançou cinco novos produtos da gama Requeijões do Campo (Rico em Cálcio, Cabra, Alho e Ervas, Ovelha e Teor de Sal Reduzido). 

O que vos tenho a dizer é que são bem deliciosos! Seja simples, a acompanhar umas tostas, um bom doce/compota ou transformados em queijadas gulosas. Ficam bem de qualquer maneira ;)


Esta é apenas uma das imensas sugestões possíveis, por isso dêem largas à imaginação! 

 

Queijadas de requeijão

 (rende 18 queijadas)

 

Ingredientes:

  • 2 Requeijões (340g) - usei Saloio (rico em cálcio)
  • 7 ovos
  • 300g de açúcar
  • 70g de manteiga
  • 150g de Farinha
  • 1 colher (sobremesa) de fermento
  • manteiga e açúcar (para untar as formas)

 

Preparação:

Aquecer o forno a 190ºC e untar um tabuleiro de formas de queque, primeiro com manteiga e depois polvilhar com açúcar.
Na taça da batedeira, desfazer os requeijões com a ajuda de um garfo, juntar o açúcar e bater tudo até misturar muito bem.
Adicionar a manteiga amolecida, os ovos e bater um pouco. Acrescentar a farinha e o fermento (peneirados) e bater até homogeneizar.
Encher as formas até 2/3 (crescem um pouco) e levar ao forno durante 15 a 20 minutos, até a massa ficar bem dourada.

Esperar que as queijadas arrefeçam ligeiramente e desenformar.

sábado, 20 de maio de 2017

Nespresso Gourmet Weeks 2017 - 3ª Edição

www.nespresso.com
@Nespresso

"Nespresso e a Gastronomia, a paixão pela perfeição é o que os une!"


Pela terceira vez, a Nespresso desafiou alguns dos mais conceituados Chefs em Portugal a criar menus exclusivos, que primaram pela excelência e onde o café foi a estrela principal.

Como já nos habituaram, quer a Nespresso, quer tão talentosos Chefs (anfitriões e convidados),estes eventos são magníficos e totalmente memoráveis.

Os Chefs anfitriões:



Ricardo Costa, Rui Paula, Vítor Matos, Pedro Lemos, João Rodrigues, Henrique Leis, Luís Pestana e Henrique Sá Pessoa. Estes chefs, Estrela Michelin, foram os anfitriões da 3ª Edição Nespresso Gourmet Weeks e receberam nas suas cozinhas outros chefs convidados para, a quatro ou mais mãos, criarem jantares exclusivos, onde o café foi a fonte de inspiração de toda a refeição.

Os jantares decorreram entre 19 de abril e 14 de maio, iniciando no Porto e terminando em Lisboa. Esta edição estendeu-se ao Algarve e, pela primeira vez, à bela Ilha da Madeira.


À semelhança das anteriores edições esta foi um sucesso, recheada de pratos fabulosos, tal como se pode perceber pelas fotos dos pratos apresentados.


CASA DE CHÁ DA BOA NOVA | 20 de abril


  Lagostim, couve-flor, ar de Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry e leite de amêndoa
Chef Rui Paula
foto: Rita Santana@ClementineThings


Pombo assado e beterraba com Exclusive Selection Nepal Lamjung
Chef Miguel Rocha Vieira 
foto: Rita Santana@ClementineThings


Robalo do mar, Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry, bisque e aipo
Chef Miguel Rocha Vieira
foto: Rita Santana@ClementineThings


Vazia de Wagyu, molho de pimenta com Exclusive Selection Nepal Lamjung e crocante de
Exclusive Selection Nepal Lamjung
 Chef Rui Paula 
foto: Rita Santana@ClementineThings

Café da manhã com espuma de Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry
Chef Rui Paula  
foto: Rita Santana@ClementineThings

Avelã, cereais e pão tostado com gelatina de Exclusive Selection Nepal Lamjung
Chef Rui Paula  
foto: Rita Santana@ClementineThing
 



Chef anfitrião: Rui Paula - Casa de Chá da Boa Nova 

foto: Rita Santana@ClementineThing

Todos os pratos foram harmonizados com vinhos excelentes, servidos pelo Sommelier anfitrião, Carlos Monteiro (Casa de Chá da Boa Nova) e pelo Sommeelier convidado, António Lopes (Hotel Anantara Vilamoura).


Estou certa de que qualquer das experiências teria sido magnífica, tal como o foram, para mim, a 1ª edição (Pedro Lemos), 2ª edição (The Yetman), e 3ª edição (Casa de Chá da Boa Nova).

Uma experiência incrível, capaz de despertar todos os sentidos, imperdível para os bons amantes do café e da gastronomia!


domingo, 14 de maio de 2017

(outra) Tarte de casulas e amêndoa





(outra) Tarte de casulas e amêndoa


Na publicação anterior, contei-vos que andava em experiências com as casulas (lá explico o que são as casulas). Andava mesmo!

E, em abono da verdade, devo dizer que valeu a pena. Esta tarte ficou, na opinião de quem provou, (ainda) melhor que a anterior!

Ficam com as duas versões para testarem, sendo que a primeira é um bocadinho mais "magra" e a segunda é para os mais gulosos (como eu).

Se fizerem alguma, depois partilhem connosco como correu. É óptimo saber a vossa opinião ;)





domingo, 7 de maio de 2017

Tarte de casulas e amêndoa






ca·su·la

[Portugal: Trás-os-Montes] [Culinária] Vagem de feijão, colhida ainda verde e cortada em pequenos pedaços que secam ao sol e que, depois de demolhados, são cozidos e usados na alimentação (ex.: butelo com casulas). [Mais usado no plural.]

"casulas", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/casulas [consultado em 07-05-2017].




casulas