quarta-feira, 24 de julho de 2013

Bolo de Nata, chocolate branco e framboesas



E com este delicioso bolo concluo a apresentação das receitas do desafio Parmalat.

Espero que este menu vos tenha agradado, que experimentem as receitas e me contem como correu ;)

À Parmalat fica um agradecimento pela preferência que deram ao nosso blog  e uma nota positiva aos produtos que me enviaram para experimentar.

Não foi surpresa, pois sou consumidora dos produtos desta marca. Os resultados mostram que são bons :)

Às 9 pessoas que estão por trás dos blogs que me acompanharam nesta deliciosa batalha deixo um obrigada pelas belas receitas que partilharam connosco e os parabéns pelos lindos menus que criaram.

Um abraço e os votos de continuação de boa semana.


 


 

Ingredientes:


Bolo:

  • 250ml de nata (para bater) 
  • 110g de farinha de trigo 
  • 40g de amido de milho 
  • 120g de açúcar branco
  • 30g de açúcar baunilhado
  • 2 ovos 
  • 2 gemas de ovo
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó
  •  Spray para Untar - Espiga

Cobertura e Recheio:
  • 150ml de nata (para bater) 
  • q.b. de Doce de Morango
  • q.b. de coco ralado (para a cobertura)
  • q.b. de raspas de chocolate branco*
  • 150g de framboesas

Preparação:

 

*raspas de chocolate branco:

Derreter, em banho-maria, 100g de chocolate branco (em pedaços), mexendo ocasionalmente.

Despejar o chocolate derretido num folha de papel vegetal (papel de forno). Usar uma espátula para espalhá-lo numa camada fina e uniforme. Colocar outra folha de papel, do mesmo tamanho, em cima do chocolate e pressionar delicadamente, para soltar as bolhas de ar.

Enrolar o papel, formando um tubo e levar ao frigorífico até o chocolate solidificar (pelo menos 2 horas). Pode fazer-se de véspera ou poucos dias antes de o bolo ser feito.

Retirar o tubo do frigorífico e desenrolar num movimento rápido para criar os pedaços de chocolate.
Ou partir delicadamente num tamanho desejo. Refrigerar as raspas até as utilizar.

Bolo: 

Untar a forma com manteiga e polvilhar de farinha (ou usar um spray desmoldante)
Bater as natas e ir adicionando o açúcar (misturar previamente o açúcar baunilhado, no açúcar branco) de forma gradual. Juntar os ovos e as gemas, um a um, batendo bem.
Misturar a farinha e o amido de milho com o fermento e envolver cuidadosamente, sem bater, no preparado anterior.
Deitar a massa na forma e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 minutos.

No final deste tempo espetar um palito e verificar se o mesmo sai limpo, dessa forma garante que o bolo está cozido. Caso não aconteça deixe-o mais uns minutos no forno.
Espere que fique morno e desenforme.


Montagem (cobertura e recheio):

Bater as natas, até que formem picos firmes. Reservar.
Abrir o bolo na horizontal, barrar uma das partes com uma camada de natas batidas e por cima desta, outra de doce de morango.
Cobrir com a outra metade do bolo e barrar tudo com as natas batidas.

Dispor, à volta do bolo, as raspas de chocolate branco. Salpicar com o coco ralado e distribuir as framboesas pelo topo.

 



Entrada e prato principal do Menu desafio Parmalat:
Fofos de Mousse de Salmão
Tiras de Frango no forno e Brócolos com curgete gratinados

 

 



25 comentários:

  1. Querida Olivia, Uma visão dos céus este teu bolo e como uma apresentação 5*. Palavras para quê!!!! Bjs. Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Ficou absolutamente deslumbrante... Sem duvida!

    ResponderExcluir
  3. Que bolo lindo! Deve ser delicioso... Parabéns pelo ótimo menu apresentado!

    ResponderExcluir
  4. Uma deliciosa combinação. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  5. Bolo lindoooo!
    Uma participação fantástica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá...
    Perfeito e boa sorte :)...
    Beijocas
    Leonor

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Um bolo realmente bonito.
    Parabéns ;) bj

    http://asreceitasdoselminho.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Que lindo!! A apresentação (e imagino o sabor) perfeita!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  9. Olá...tenho acompanhado o seu blogue e as delícias que apresenta são dignas de um grande elogio!!!
    Muitos parabéns...é tudo maravilhoso!!!!

    ResponderExcluir
  10. Bem...tem um aspeto incrivel!!!
    O que se pode dizer!! Enfim...há pessoas que nascem com talento e pronto!!!
    PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  11. Divinal! A apresentação do bolo fala por si!

    beijinho do atelier Lu_Tec

    ResponderExcluir
  12. Está magnífico. Ando há uns tempos para fazer algo do género mas ainda não tive coragem. Trabalhar com chocolate não é propriamente fácil.
    Parabéns, está lindo!

    ResponderExcluir
  13. Na descrição da receita nao encontrei amido de milho e açúcar baunilhado. Onde entram?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marta.

      Obrigada pelo reparo! Já corrigi a receita.

      Peço desculpa, mas às vezes (por mais que leia antes de publicar) escapam-me alguns pormenores.

      Agradeço que me enviem estes comentários, para que eu possa corrigir.

      Excluir

  14. Boa tarde. Gosto muito do seu blog. Embora não costume comentar, já experimentei fazer várias sobremesas "roubadas" daqui.

    Gostaria de lhe fazer uma pergunta: usa formas de silicone para os bolos e cupcakes?

    É que eu convenci a minha mãe a comprá-las, para ver se eram mesmo mais práticas, mas quando experimentámos, os queques ficaram muito agarrados, pegaram-se bastante. Eu achava que não era preciso untar este tipo de formas, mas se calhar é...

    ResponderExcluir
  15. Mia figlia ama le fragole. Questo regalo sarà significativo per il 3 ° compleanno di mia figlia

    ResponderExcluir
  16. Parece delicioso! Ainda mais com essas framboesas, que parecem ser meio difíceis de encontrar aqui no Brasil... o único lugar onde eu vi servindo bolos com framboesa foi na Confeitaria Kurt (http://www.locamob.com.br/confeitaria-kurt/details), no Rio de Janeiro...
    As fotos do bolo ficaram lindonas :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sabrina ;)

      Fico admirada por não haver framboesas no Brasil... certamente elas cresceriam bem no vosso clima.

      Aqui em Portugal o uso massificado dos frutos vermelhos também é um hábito mais ou menos recente... morangos e amoras tínhamos muitos, mas framboesas e mirtilos começou a ver-se há poucos anos, no nosso mercado.

      Pode ser que entretanto cheguem também aí (na América do Norte são muito usados).

      Essa confeitaria tem muito bom aspecto ;)

      Um abraço, cá desde Portugal!

      Excluir
  17. Fabuloso. será a minha próxima experiência, com toda a certeza!
    Parabéns!
    Vanda Figueiredo,
    http://pao-com-chocolate.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)