quinta-feira, 2 de abril de 2015

Azeite Milenar - Prazeres de hoje



Numa publicação anterior (Espargos bravos com ovos) fiz referência à minha recente visita ao maravilhoso Alentejo. Nesse mesmo post pedi-vos que espreitassem o Hotel rural Horta da Moura.
E sabem porque recomendei que o fizessem? Porque é um lugar extraordinariamente belo (como poderão ver pelas fotos), onde cada recanto comunga com a natureza e nos faz sonhar e relaxar.




Embora não precisasse de nenhum motivo especial para esta visita, pois trata-se de um lugar onde eu iria em qualquer ocasião, sem pestanejar, o convite surgiu com um propósito que muito me agradou. O lançamento de um azeite excepcional, produzido a partir das azeitonas provenientes de oliveiras milenares.

A Horta da Moura e a Carmim uniram-se para produzir este azeite, casando a qualidade das azeitonas da primeira, com a experiência e saber fazer, que a segunda possui.

O azeite, denominado 2450 Anos, tem um aroma suave e fresco a amêndoa, característico na variedade de azeitona «galega».
1900 kg de azeitonas deram origem a cerca de 200 litros de azeite. Uma produção limitada, que não chegará, pelo menos por enquanto, ao mercado. Felizes dos contemplados com esta relíquia (sinto-me uma felizarda por pertencer a este grupo), que a devem guardar com muito carinho. Claro que não será fácil, pois a qualidade do azeite tenta qualquer um a abrir a pequena e linda garrafa.

Oliveira milenar com 2450 anos

À chegada fomos (muito bem) recebidos com um delicioso pic-nic e uma visita guiada pelo circuito/trilho das oliveiras. Fiquei saciada, tanto pelas iguarias que nos foram servidas, como pelas sábias explicações acerca das oliveiras. Não sabia nada sobre este assunto e fiquei encantada com tudo o que ouvi! 

Posso-vos dizer que enquanto contemplava as oliveiras, sobretudo a mais antiga, me passaram pela cabeça milhares de pensamentos, imagens, perguntas... Tanto tempo, tantos povos, tanta vida já passou e aquelas árvores continuam agarradas àquele chão. O que elas já presenciaram! São imponentes e merecedoras de muito respeito. Um respeito que felizmente lhes está assegurado por toda a equipa da Horta da Moura.


Foi um belíssimo e agradável convívio, onde tive a oportunidade de rever a Maria José (7gramas de Ternura), de conhecer as caras por trás do blog apontamentos gastronomicos e ainda 4 simpáticos e talentosos bloggers espanhóis: ciudad-dormidanarrogeographicbadajozfotografico e SENDERUELOS-Turismo.

Foto: Lourdes Torres Hidalgo - SENDERUELOS Turismo

Ainda consolada pelo repasto e de alma cheia pela beleza do local, já tinha à espera o jantar de lançamento do azeite Milenar. Este não podia começar de melhor forma do que com o cante alentejano trazido pelas vozes do grupo coral de Monsaraz. Confesso que quando li o convite, o cante alentejano e a presença musical de Pedro Mestre me levaram a aceitar imediatamente esta ida ao Alentejo. Tinha uma enorme curiosidade de os ouvir, ao vivo. E garanto-vos que foi ainda mais mágico do que eu tinha imaginado...

Do jantar eu não podia trazer melhores recordações, pois estava tudo muito bem preparado! Tudo! E que tal o azeite (devem perguntar vocês)? O azeite é sublime! E espero sinceramente que vocês tenham a oportunidade de o experimentar.



Tudo o que nos proporcionaram no sábado já havia sido maravilhoso e eu estava completamente rendida e a querer ficar lá uma temporada. Mas ainda havia (e há) tanto para ver!
O domingo começou com um pequeno almoço - indescritível de tão bom - e não se ficou por aí. Uma visita guiada, ao redor da propriedade, mostrou-nos tanta beleza e tanta paz como eu já não me lembrava de ver e sentir.

Foi tão maravilhoso e soube a tãoooo pouco! Quero muito lá voltar e poder ver cada cantinho detalhadamente.
Muito obrigada à administração do Hotel rural Horta da Moura pelo convite e ao seu staff por serem tão delicados e bons profissionais. 

Não fico surpreendida por este empreendimento ter recebido uma menção honrosa na categoria de "Melhor Empreendimento Turístico do ano”, o prémio máximo anualmente atribuído pelo Turismo do Alentejo e Ribatejo. É bem merecido!




E porque foi "O" azeite que me levou lá, não podia deixar de vos aconselhar uma iguaria com este ingrediente.

Que, já agora lhe faça justiça, é para mim o principal ingrediente na cozinha. Azeite com tudo e tudo com azeite!

Se há aroma que me faz salivar, automaticamente, é o do azeite e alho. Não resisto!!!
Apetece-me dizer: Tragam pão e vinho, que eu não preciso de mais para ser feliz!

Já devem ter percebido a minha paixão pela doçaria, portanto quando olho para um ingrediente vêm-me sempre à ideia doces...

Por isso vos deixo como sugestão este delicioso bolo:

Bolo de Azeite e Limão / Lemon Olive Oil Cake




Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 1 chávena (200g) de açúcar
  • 1/2 chávena (125ml) de Azeite virgem extra 
  • 1 chávena (120g) de farinha
  • 1/2 colher (chá) de fermento em pó
  • 1/4 colher (chá) de sal
  • Raspa de 1 limão
  • Sumo de 2 limões
  • Açúcar em pó para polvilhar
  • Manteiga e farinha (para untar a forma)

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma de bolo com manteiga e farinha. Reserve.
Bata os ovos e o açúcar até ficar um creme muito claro e fofo.
(Use uma batedeira forte, em alta velocidade por cinco minutos. Se a sua batedeira for menos potente, bata durante mais tempo)

Em fio, adicione o azeite e o sumo de limão na mistura de ovos e açúcar e envolva-os com uma espátula.
À parte, misture a farinha, o fermento, o sal e a raspa de limão. Misture delicadamente os ingredientes secos com os ingredientes molhados, certificando-se que chega até ao fundo da tigela para que tudo fique bem incorporado.

Despeje a massa na forma preparada e leve ao forno por 45 minutos.
Deixe o bolo arrefecer um pouco na forma, antes de o desenformar sobre um prato de bolo e polvilhar com açúcar em pó.


Lemon Olive Oil Cake

Ingredients:

  • 4 eggs
  • 1 cup sugar
  • 1/2 cup extra virgin olive oil
  • 1 cup flour
  • 1/2 tsp baking powder
  • 1/4 tsp salt
  • Zest of 1 lemon
  • juice of 2 lemons
  • powdered sugar for serving


Directions:

Preheat oven to 350 degrees. Butter and flour a 9″  cake round—set aside.
Beat together the eggs and sugar until very pale and fluffy. For best results, use a Kitchen Aid mixer on high setting for five minutes. If you don’t have a Kitchen Aid, beat by hand until very thick.
Slowly stream in the olive oil and lemon juice into the eggs and sugar mixture and fold in with a rubber spatula.
In another bowl, whisk together the flour, baking powder, salt and zest. Gently fold the dry ingredients into the wet ingredients, making sure you get down to the bottom of the bowl so everything is incorporated well.
Pour batter into prepared cake pan and bake for 45 minutes.
Let cake cool in pan slightly before inverting onto a cake plate and dusting with powdered sugar.

adapted from: The Vegetarian Times Cooks Mediterranean






http://www.hortadamoura.pt/
https://www.facebook.com/hortadamoura

5 comentários:

  1. Que lindo!!! Quem me dera ter ido convosco, e logo eu sou uma fã incondicional de azeite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ondina. O paraíso na terra!
      E que bom teria sido ter a tua companhia. Beijinho :-*

      Excluir
  2. Permita-me uma pequena correcção, a menção honrosa foi atribuida pela entidade Turismo do Alentejo e Ribatejo. Beijinhos e excelente post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada. Vou corrigir!
      Beijinhos e continuação de uma boa semana

      Excluir
  3. Hmmm mas que belo passeio! Tipo de comida mesmo ao meu gosto, beijos

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)