domingo, 27 de novembro de 2016

Rabo de boi na tagine

 

Foi o tempo que perdi com a minha rosa que a fez tão importante. 

Saint-Exupéry, Antoine de


E é o tempo que dedicamos ao que fazemos que torna tudo mais ou menos especial.

Este podia ser um rabo de boi como outro qualquer, não tivesse havido tempo, paciência, dedicação e amor (sim, amor) para o tornar diferente.

Como já vos confidenciei, noutras ocasiões, tenho um profundo respeito pelos alimentos pois além de estar grata por viver numa sociedade e num contexto económico que me permite ter sempre um prato de comida às refeições, tenho a sorte de ser um "bom garfo" e de gostar de tudo, desde que bem feito!

Tal como é meu costume, fui ao talho e olhei a montra várias vezes à espera de encontrar um pedaço de carne apetitoso e que me faça traçar-lhe planos, logo ali.

Reparei neste rabo de boi que tinha muito boa cor e me pareceu muito fresco. Pedi-o!
O sr. do talho (no caso, é mais o rapaz do talho) partiu-mo e preparou-o de um jeito que me deixou impressionada com tamanho perfeccionismo. Todo arranjadinho lado a lado, voltado para cima, pedaços pequenos casados com outros maiores... Impressionante!

Vim toda contente embora, convencida que trazia ali algo especial, que merecia continuar a ser bem tratado.

E assim foi! Acredito que o rapaz do talho ficaria feliz ao saber que as clientes tratam bem a carne que ele prepara com a tal paciência, dedicação e amor. Sim, amor!

 

Avinhado, abafado... e ao lume lento.
 

Rabo de boi na tagine

 

Ingredientes:

(para 3/4 pessoas)

  • 1 rabo de boi
  • 1colher (sopa) de banha
  • 1colher (sopa) de manteiga
  • 1colher (sopa) de azeite 
  • 1 cebola média 
  • 3 dentes de alho
  • ½ garrafa de vinho tinto (usar um bom maduro)
  • 100 ml de caldo de carne*
  • 1 folha de louro 
  • 1 colher (café) de pimenta em grão  
  • sal q.b.

* façam um caldo caseiro (cozendo rabo de boi/carne/frango, cebola, cenoura, aipo, alho francês, salsa...). Podem preparar em quantidade maior e congelar, para futuras utilizações.

 

 

Preparação:


Com umas horas de antecedência (melhor se de véspera) coloque num recipiente os alhos esmagados (com casca), o sal, a pimenta, a folha de louro e o rabo de boi. Regue com o vinho e deixe marinar.

Coloque as gorduras (banha, azeite e manteiga) num tacho de ferro e aloure, levemente, a cebola cortada em rodelas finas.

Disponha os pedaços de rabo de boi lado-a-lado, regue com a marinada e tape o tacho.

Deixe cozinhar em lume muito brando, com o tacho sempre tapado, por cerca de 3h ou até que a carne fique macia.

A meio do tempo verifique se precisa de líquido e acrescente o caldo de carne.

Ajuste os temperos, se necessário e sirva quente.


Sugestão de acompanhamento: arroz, cozido em caldo de carne.



6 comentários:

  1. Que rica refeição,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da descrição, é preciso dar valor àquilo que temos para o tornar ainda melhor :)
    Adoro rabo de boi e esse ficou com um aspeto mesmo bom :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! É preciso dar valor ao que temos.
      Obrigada ;)

      Excluir
  3. Adoro rabo de boi. Bela sugestão.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/12/waffles-de-abobora-no-forno.html

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)