quinta-feira, 23 de maio de 2019

tarte de limão e baunilha



Dar o peixe, ou ensinar a pescar?


Ontem fiz esta tarte e por falta de tempo não pude publicar logo a receita. No entanto, não resisti e partilhei a foto no Facebook, acompanhada da seguinte frase: dá-se receita a pedido de várias famílias e não só! 

Imediatamente (e até ao momento desta publicação) chegaram pedidos da receita, que quem acompanha este blogue sabe que partilharia... partilho-as sempre!

Entretanto, durante o dia, lembrei-me de uma conversa que tive no sábado passado antes do início do showcooking que fiz no Marshopping de Matosinhos.

A pessoa com quem conversava dava-me os parabéns pelo blogue e pelo facto de eu partilhar as receitas. Rematou dizendo: "Há um bolo que eu faço muito bem, mas custa-me dar a receita... porque  se a der e a fizerem deixa de ser a minha receita especial".

Acho isto bastante interessante! E acontece muito!

Respeito imenso esta forma de pensar e agir, embora lamente, pois a partilha é sempre enriquecedora para todos. Partilhar é dar para sempre!


Uma observação em relação a esta tarte: tem um acentuado sabor a limão, que se deve ao uso da casca. Se quiserem reduzir este sabor podem aproveitar apenas o sumo de limão e um pouco de raspa.







Ingredientes:

  • 1 limão 
  • 4 ovos
  • 100g de manteiga
  • 200g de açúcar
  • 1 colher (sopa) de farinha com fermento
  • Sementes de baunilha (1 vagem)


Preparação:


Ligue o forno a 180ºC e unte uma forma de tarte com manteiga.

Lave muito bem o limão, corte as extremidades, parta-o aos gomos finos e remova todas as pevides e o máximo possível da pele/membrana que reveste o interior.

Coloque os pedaços de limão no liquidificador, os ovos, o açúcar, a farinha, as sementes da vagem de baunilha e a manteiga derretida (derreto-a em banho-maria para que não ferva).

Ligue o aparelho e deixe triturar até obter um creme homogéneo.

Verta o creme na forma e leve-a ao forno cerca de 40 minutos ou até que a tarte se encontre firme e dourada. Retire-a do forno e deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.


NOTA: pode verter o creme numa base de massa folhada, quebrada ou outra a gosto. Fica igualmente deliciosa!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)