domingo, 7 de maio de 2017

Tarte de casulas e amêndoa






ca·su·la

[Portugal: Trás-os-Montes] [Culinária] Vagem de feijão, colhida ainda verde e cortada em pequenos pedaços que secam ao sol e que, depois de demolhados, são cozidos e usados na alimentação (ex.: butelo com casulas). [Mais usado no plural.]

"casulas", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/casulas [consultado em 07-05-2017].




casulas






Em fevereiro fui convidada a estar presente no VII Grande Capítulo da Confraria do Butelo e da Casula de Bragança, na Cidade e Conselho de Bragança.

Foi para mim um gosto enorme poder (re)visitar esta bela cidade, e ter tido a oportunidade de conviver com os confrades, desta e de outras ilustres confrarias portuguesas, conhecer património cultural e degustar alguns dos excelentes produtos endógenos e autênticos daquela região.

Como seria de esperar, a Confraria do Butelo e da Casula preparou um evento memorável e fez, como continua a fazer, um excelente trabalho de divulgação e partilha destas duas iguarias.

Na ocasião partilhei convosco uma receita de Butelo com casulas, que vos garanto ser um manjar majestoso. Mas, como já devem estar habituados, nesta cozinha respeita-se o tradicional sem deixar de parte as experiências.

E sabem em que terminam (quase) sempre estas experiências, não sabem? Claro... em doce! :)







Tarte de casulas e amêndoa

 

Ingredientes:

  • 1 placa de massa folhada (ou quebrada)
  • 250g de casulas*
  • 250g de açúcar
  • 3 ovos + 3 gemas
  • 150g de manteiga (50+100)
  • 100 de farinha de amêndoa (amêndoa ralada)
  • manteiga para untar
  • açúcar em pó q.b.

*peso para as casulas demolhadas e cozidas. Enquanto desidratadas (secas) apresentam um peso muito inferior. Caso não encontrem casulas, podem substituir por feijão branco cozido (o mesmo peso).

obs.: actualmente há uma boa oferta de mercado no que respeita a massas frescas (folhada, quebrada, areada, etc.). Mas, se tiverem tempo, podem sempre optar por fazer a vossa massa (ver receitas nos links)

 

Preparação:



Pôr as casulas de molho de véspera.

Num tacho, ferver água com uma pitada de sal, deitar as casulas escorridas e deixar cozer. A cozedura verifica-se através dos feijões. Em geral, esta cozedura demora pouco mais de 1 hora.

Deitar as casulas, cozidas, no copo do liquidificador, adicionar 50g de manteiga (laminada fina) e triturar. Pela tampa do aparelho deitar, um a um, os ovos e as gemas. Bater bem até obter um puré.

Verter o puré num recipiente, acrescentar o açúcar, as 100g de manteiga amolecida (não derretida) e mexer bem com a vara de arames. Adicionar a farinha de amêndoa e envolver até obter uma massa homogénea. 

Esticar a massa folhada em cima de uma tarteira (ligeiramente untada) e picar o fundo com um garfo.

Deitar o recheio por cima da massa e polvilhar, generosamente, com açúcar em pó (isto vai criar uma superfície estaladiça).

Levar a forno pré-aquecido a 190ºC, cerca de 30 minutos. Ao final deste tempo aumentar para 200ºC e deixar cozer mais 10 minutos, ou até que a massa esteja dourada e o centro da tarte se apresente firme ao toque. (verificar, pois os fornos variam)

Deixar arrefecer e polvilhar com um pouco de açúcar em pó.


3 comentários:

  1. Que ideia tão original.
    Ficou com ótimo aspeto.

    Beijinhos,
    Clarinhas
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/05/na-cozinha-com-mary-soliani-e-uma.html

    ResponderEliminar
  2. We are can not control and are not accountable for any with the content on external sites that we may link to. canada mortgage calculator Moreover, the maximum rate with this type of financing is dependent on the current prime rate. mortgage payment calculator

    ResponderEliminar

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)