terça-feira, 26 de maio de 2020

Frango campestre


 

As Aldeias


Eu gosto das aldeias socegadas,
Com seu aspecto calmo e pastoril,
Erguidas nas collinas azuladas -
Mais frescas que as manhãs finas d'Abril.

Levanta a alma ás cousas visionarias
A doce paz das suas eminencias,
E apraz-nos, pelas ruas solitarias,
Ver crescer as inuteis florescencias.

Pelas tardes das eiras - como eu gosto
Sentir a sua vida activa e sã!
Vel-as na luz dolente do sol posto,
E nas suaves tintas da manhã!

As creanças do campo, ao amoroso
Calor do dia, folgam seminuas;
E exala-se um sabor mysterioso
D'a agreste solidão das suas ruas!

Alegram as paysagens as creanças,
Mais cheias de murmurios do que um ninho,
E elevam-nos ás cousas simples, mansas,
Ao fundo, as brancas velas d'um moinho.

Pelas noutes d'estio ouvem-se os rallos
Zunirem suas notas sibilantes,
E mistura-se o uivar dos cães distantes
Com o canto metallico dos gallos...

António Gomes Leal, in 'Claridades do Sul'


 

Frango campestre

 

Ingredientes:

 

  • 1 frango do campo (este era um galo novo de capoeira conhecida)
  • 2 cebolas grandes
  • 4 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • Azeite q.b.
  • Sal e pimenta q.b.
  • 1 cenoura grande
  • 2 chávenas (chá) de caldo*
  • 1 ramo de cheiro (usei salsa, tomilho e alecrim)
  • 1 tirinha de pimento (usei amarelo)
  • 1 tomate maduro
  • 2 chávenas (chá) de ervilhas

* façam um caldo caseiro (cozendo frango/carne/rabo de boi, cebola, cenoura, aipo, alho francês, salsa...). Podem preparar em quantidade maior e congelar, para futuras utilizações. 



Preparação:



Partir o frango em pedaços e limpar de gorduras excessivas. Reservar.

Num tacho deitar o azeite, a cebola laminada [usei a mandolina Mando Chef], os alhos socados, o louro e deixar alourar. Juntar a cenoura laminada, o tomate (usei um congelado e laminado), o pimento e deixar refogar uns minutos.

Distribuir o frango por cima da "cama" preparada anteriormente no tacho e temperar de sal e pimenta de ambos os lados.

Regar com o caldo, adicionar o ramo de cheiro e deixar estufar lentamente durante cerca de 1 hora.
No final deste tempo, juntar as ervilhas, tapar o tacho e continuar a refogar em lume médio cerca de 30 minutos.








 vídeo passo-a-passo


Receita preparada em parceria com a Tupperware

Sem comentários:

Publicar um comentário

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)