domingo, 22 de setembro de 2013

Pastéis de Nata (Estremadura)



"Os pastéis de nata eram originalmente conhecidos por pastéis de Belém, dado serem especialidade de uma confeitaria ainda existente nessa zona de Lisboa.
Tão apreciados são estes bolos que, hoje em dia, não há pastelaria nem leitaria, por mais modestas que sejam, que não vendam pastéis de nata; poucos, no entanto, se mantêm genuínos. Há quem aprecie comê-los polvilhados  com canela e açúcar em pó."



Tesouros da Cozinha Tradicional Portuguesa. 1ªEd. Lisboa: Selecções do Reader's Digest, 1984



Ingredientes: (24 pastéis)

  • 300g de farinha 
  • 250g de margarina para folhados 
  • Sal e água q.b. 
  • 5dl de natas 
  • 9 gemas 
  • 9 colheres de sopa de açúcar

Preparação:

Misture a farinha e o sal diluído na água e trabalhe a massa até a ligar. Divida a margarina em 3 porções. Estenda a massa, espalhe sobre ela uma das porções de margarina e enrole como um tapete. Repita esta operação mais duas vezes até esgotar a margarina. No final, deixe descansar 20 minutos. Em seguida, corte a massa em fatias com cerca de 2cm de espessura e depois coloque cada fatia sobre uma forma lisa própria para queques; rode com os dois polegares a forma num sentido, espalhado a massa de forma a encher com ela a forma toda.

Entretanto, leve ao lume em banho-maria as gemas batidas com o açúcar e as natas até o preparado engrossar.

Deixe arrefecer e deite uma colher de sobremesa de recheio em cada forma. Leve as formas ao forno até os pastéis estarem cozidos e tostados.

Dica pessoal: usar massa folhada de compra.






8 comentários:

  1. Que jeitosos ;) assim arrebitados é difícil resistir!

    ResponderExcluir
  2. Hummmmmmmmmmmm

    Estão com ar de comer e comer... sem parar... hehehe

    Beijinhos
    http://pratocaseiro.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ;)

      Pois... a dificuldade é essa... parar :)

      Beijinhos

      Excluir
  3. Ficaram com óptimo ar! Adoro!

    Beijinhos
    Sílvia Martins

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)