quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Frango lento em cama de legumes



Há dias, alguém que conheço dizia o seguinte: Já não se inventa nada, as receitas estão todas inventadas!

Bem... Talvez tenha a sua razão! No fundo, tudo o que fazemos é inspirado no que vimos, provámos e vivemos. Pode não ser exactamente igual, mas será seguramente uma fusão de tudo isso. Cozinhar é uma experiência sensorial e como, felizmente, estamos carregadinhos de emoções, isso acaba por se reflectir no resultado final do prato.

Mas podemos inovar, claro! E inovar nem sempre quer dizer "acrescentar coisas", mas antes o seu contrário. Manter o simples!

Para mim, actualmente, o mais importante é a qualidade dos ingredientes que emprego na minha alimentação e a forma como os cozinho.

Tenho o fortúnio de ter algumas pessoas amigas que me vão presenteando com alguns legumes e frutos biológicos, às vezes uns deliciosos ovos a sério (como eu lhes chamo) e desta vez até tive a sorte e privilégio de poder provar este frango delicioso!

Há muito que sigo este projecto "Quintinha do Pedrosa" de perto e admiro o trabalho que têm vindo a desenvolver.

Seria sustentável e possível que a criação de frangos fosse toda assim? Quem dera!!!





Não é todos os dias que se reúnem os melhores ingredientes, com os melhores utensílios para os cozinhar. E eu andava ansiosa por experimentar a Doufeu, mas não podia ser com um frango qualquer!

Sobre este método de cozinhar deixo-vos aqui alguma informação e a garantia de que o prato ficou delicioso :)

 

Doufeu

Este método de cozedura foi inventado pela Le Creuset em 1932 e consiste em encher a parte superior da tampa da panela com cubos de gelo ou com água muito fria. Devido ao calor da cozedura, o vapor gerado dentro da panela sobe até à tampa e condensa-se ao entrar em contacto com a superfície gelada. Concentra-se em pequenas gotas e pulveriza suave e continuamente os alimentos, graças às pontas que sobressaem do interior da tampa. Este sistema de cozedura conserva todas as vitaminas e as qualidades nutritivas dos ingredientes e os aromas. É ideal para cozinhar carne de caça e elaborar cozinhados que requerem uma cozedura lenta e prolongada. Por ser um excelente condutor de calor, o ferro fundido é um dos melhores materiais para cozinhar. Além disso, a base, as paredes e a tampa têm a mesma espessura, o que garante a absorção e distribuição uniforme do calor, sem pontos de sobreaquecimento. O resultado é que a comida não se queima nem fica crua no meio. A distribuição uniforme do calor por todo o utensílio faz ainda que os alimentos não percam o seu suco durante a cozedura, conservando assim todos os seus nutrientes e vitaminas.
Esta e mais informação sobre este artigo: https://www.lecreuset.pt



Ingredientes:


  • 1 frango do campo (importante que seja de boa qualidade)
  • 1 cebola grande
  • 1curgete
  • 2 tomates 
  • 4 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
    12 tiras de bacon
  • 6 alperces secos
  • 6 tâmaras secas
  • q.b. de azeite
  • q.b. de sal, pimenta e colorau


Preparação:

Cortar a cebola em meias luas, a curgete em rodelas, os tomates em quartos e os alhos em lâminas.

Regar o fundo de um bom tacho de ferro (usei a Doufeu ovalada) com um fio de azeite fininho. Dispor, em camadas a cebola, alho, curgete, tomate e salsa. Temperar de sal e pimenta.

À parte temperar o frango (interior e exterior) com o sal, pimenta e colorau. Colocá-lo em cima
da cama de legumes.

Enrolar as tâmaras e alperces secos nas fatias de bacon e colocar 4 desses "rolinhos" no interior do frango. Distribuir as restantes pelo tacho (ao lado do frango).

Tapar o tacho e levar a lume brando, durante 2 horas, sem levantar a tampa.


Servir quente!






5 comentários:

  1. Respostas
    1. É excepcional o sabor que este tipo de confecção confere aos alimentos. Fica tudo tão aromatizado, tenro e saboroso... aprovadíssimo!

      Beijinhos

      Excluir
  2. Que refeição deliciosa,.....e as fotos dizem tudo!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderExcluir
  3. Humm que bom aspecto.
    Claro que sim, todas retiramos ideias daqui e dali, e depois nascem as nossas versões.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que há sempre coisas por inventar :)
    Esse frango tem todos os motivos para ser saboroso, deve ser uma delícia :D

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)