domingo, 18 de novembro de 2018

Bolo de iogurte e raspa de limão

 


Há anos que não fazia algumas coisas que tenho voltado a fazer. Hoje andava no supermercado às compras, num dos raros momentos de tempo e paciência para ver todas as prateleiras e eis que me chama a atenção uns fraquinhos de iogurte.
Banal, dirão muitos de vós! Mas não para mim... que não como iogurtes há uns bons 8 anos. Estes (naturais açucarados, com açúcar de cana) eram os meus favoritos. Num impulso lá os comprei, trouxe para casa e quando os tirava do saco decidi fazer um bolo: Bolo de iogurte!

Pensei: Quero um bolo alto, fofo e delicioso! Lá reuni os ingredientes todos e meti mãos à obra. O resultado é o que se vê e garanto-vos que ficou mesmo como o queria. Quando o estava a retirar do forno lembrei-me de algumas perguntas que me fazem várias vezes sobre bolos... e decidi tirar aquelas fotos passo-a-passo, que estão no final da publicação, para explicar como costumo fazer.
Atenção: isto funciona comigo, mas não significa que seja igual para todos. É, tão e só, o meu conhecimento empírico.

Experimentem, experimentem... e experimentem! Tenham uma semana feliz e doce!

 

 

 

Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 1 frasco ou 125ml de iogurte (usei natural açucarado)
  • 300g de açúcar
  • 125ml de óleo de girassol
  • 200g de farinha com fermento
  • 100g de amido de milho (tipo farinha maizena)
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó
  • 1 limão (raspa)
  • manteiga para untar a forma
  • farinha para polvilhar a forma untada

 

Preparação:


Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo com umas gotas (3/4) de sumo de limão. Reserve.

Bata as gemas com o açúcar. Adicione o iogurte, o óleo, em fio, e bata de novo (deitei o iogurte e o óleo sem parar de bater) até ficar uma massa esbranquiçada e fofa.

Gradualmente, adicione as claras alternando com as farinhas (peneirei-as, como sempre).
Envolva tudo sem bater. Deite a massa numa forma untada com manteiga, polvilhada com farinha, e leve ao forno pré-aquecido (aqueci a 180ºC), até crescer e o bolo ficar dourado (esteve 50 minutos no forno).


 

 

DICAS:


De vez em quando há quem me diga que os bolos lhe calham mal, que frequentemente ficam "achatados, assapados, encruados, etc" e que gostariam de saber o que fazer para isso não acontecer.
Pois bem... isso pode acontecer devido a diversos factores, sendo arriscado estar a garantir que foi por este ou aquele motivo.
No entanto, partilho convosco algumas das coisas que costumo fazer e resultam bem.

Olhando para a imagem, da esquerda para a direita:

1 -
Após retirar o bolo do forno deixo-o repousar um pouco, dentro da forma, em cima de uma base que o deixe arrefecer antes de desenformar, sem ter contacto com uma superfície fria. Evita-se o choque térmico, muitas vezes responsável por os bolos "baixarem".

2 - Depois de uns 10 minutos, na forma, desenformo o bolo e coloco-o em cima de uma placa furada, até arrefecer. Evita o ressuar do bolo, que o deixa humedecido.

3 - Cobrir o bolo, com um pano húmido, enquanto arrefece para não perder humidade e ficar fofo. Este "passo" só o experimentei hoje e foi uma dica que me deram. Resulta!

Nunca abro o forno durante a cozedura do bolo e apenas espreito, pelo vidro, perto do final do tempo.
A forma utilizada também tem muita influência no resultado final. Deixo-vos uma sugestão de onde poderão comprar boas formas: https://www.ametalurgica.pt/pt/loja 
A que utilizei, para este bolo, foi esta: https://www.ametalurgica.pt/pt/kugelhof

7 comentários:

  1. Que óptima sugestão,...ficou um bolo maravilhoso!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, obrigada pelas tuas visitas e comentários. Gosto muito de te ter por cá.
      A minha cozinha fica mais alegre e bonita 😉😘
      Beijinhos e boa semana

      Excluir
  2. Hummm, parece o bolo de laranja que a minha avó fazia tão bem!
    Já agora, uma pergunta: cobre o bolo com um pano húmido quando ainda está na forma?
    Beijinhos e obrigada por esta receita que vou tentar replicar este fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humm, esses bolinhos da avó são sempre tão maravilhosos!
      Cobri o bolo com o pano húmido, depois de o ter desenformado. Essa dica foi-me dada recentemente e apenas experimentei agora. Funcionou ;)
      Beijinhos e obrigada pelas visitas e comentários.

      Excluir
  3. Estou sempre a aprender contigo. A dica do pano, para reter a humidade é fantástica. Vou experimentar.
    beijinhos

    Patrícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu contigo, Patrícia.
      Sim, experimenta e depois diz o que achaste.
      Beijinhos ;)

      Excluir
  4. Esse bolo é tudo de bom, principalmente no café da manhã.

    ResponderExcluir

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)