segunda-feira, 3 de agosto de 2020

molho de tomate com pimento







"Haja fartura, que a fome ninguém a atura"


Fico felicíssima quando me presenteiam com produtos de hortinhas, como foi o caso destes tomates. 
Para além de preferir um milhão de vezes comer o que sei ter sido produzido de forma tão natural, sinto sempre entusiasmo em pensar no que poderei fazer com tais "relíquias".

Um enormíssimo obrigada a quem produz alimentos e garante que não nos falte o essencial!









Ingredientes:


  • tomates maduros (usei os chucha) - não pesei, mas eram uns 2kg
  • 1 cebola bem grande e boa
  • 5 dentes de alho
  • 1/2 pimento vermelho
  • 1/4 pimento verde
  • 1/2 pimento malagueta
  • Azeite q.b
  • Sal q.b
  • Manjericão, orégãos, tomilho e alecrim q.b
  • 1 folha de louro 
  • 1 colher (chá) de açúcar (para cortar a acidez - opcional)


Preparação:


Comece por preparar os tomates, lavando-os e dando-lhes um pequeno golpe em cruz no topo. Ponha uma panela com água a ferver e escalde-os durante uns 2 ou 3 minutos, para posteriormente lhes tirar a pele.
Depois de pelados corte-os ao meio, um a um, e retire as sementes. Faça esta operação dentro de um coador para poder aproveitar todo o sumo que libertarem. Reserve esse sumo.
Corte o tomate em pequenos pedaços para facilitar que este se desfaça ao cozinhar. Reserve.

Prepare a cebola, alho e pimentos cortando-os em pequenos pedaços e inicie a confecção do molho.

Leve ao fogão um tacho com um bom fio de azeite, a cobrir o fundo, e aqueça-o ligeiramente. Adicione a cebola e deixe refogar um pouco em lume brando para não a queimar.






Quando a cebola estiver macia junte-lhe o alho, misture e deixe refogar uns minutos (sempre em lume brando), mexendo ocasionalmente.





 Adicione os pimentos e deixe refogar.





Junte uma folha de louro. 






Adicione o tomate, envolva tudo e deixe cozinhar uns minutos.





Verta o sumo de tomate, tempere de sal e aromáticas a gosto. Prove e se achar que está ácido adicione o açúcar para cortar a acidez (eu utilizei).





Tape o tacho e deixe refogar cerca de 40 minutos, sempre em lume muito brando, e mexendo de vez em quando. É importante que mantenha algum líquido, por isso vá prestando atenção.

Enquanto o tomate refoga prepare os frascos e tampas, esterilizando-os em água a ferver. Ponha-os a escorrer virados com o bocal para baixo, em cima de um pano limpo. 

Quando o molho estiver pronto vaze-o para os frascos, tampe-os muito bem e vire-os com a tampa para baixo até arrefecerem. 


NOTA: rendeu 5 frascos de 250ml e por isso estimo que se gastem rápido. Se fizerem em quantidade que não vão gastar nas próximas semanas então sugiro que coloquem os frascos numa panela (depois de cheios) cobertos de água a ferver. Isto vai aumentar a durabilidade do molho.







1 comentário:

Gosto de o/a ter por cá! Não vá embora sem deixar o seu comentário ;)